Conforme vimos no artigo “características das facas Slitter para os cortes longitudinais” o corte slitter baseia-se no princípio do cisalhamento, onde as navalhas rotativas aplicam forças na chapa causando a penetração, deformação e ruptura do material.

Os anéis expulsadores têm um papel importantíssimo neste processo e possuem várias funções e características, tornando-os fundamentais para a qualidade do corte e durabilidade de todo o ferramental. Mas antes de entendermos um pouco mais sobre a usabilidade dos expulsadores, vamos, primeiro, conhecer as características e os tipos existentes. Eles podem ser de três tipos:

Borracha nitrílica

Os expulsadores de borracha nitrílica estão caindo em desuso devido as suas caracterizaras como: baixa resistência a produtos químicos e óleo, menor resistência mecânica, menor durabilidade e menor tração.

Estes tipos de anéis são montados sobre os espaçadores e esse tipo de montagem faz com que, dependendo da chapa que está sendo cortada, os expulsadores acabem patinando e causando problemas no corte por perda de tração.

Abaixo vemos a representação de uma montagem com expulsador de borracha nitrílica:

 

Aço

Os anéis expulsadores de aço não são muito usados atualmente, pois sua complexibilidade de montagem é maior e seu rendimento é inferior aos expulsadores híbridos que trazem melhores resultado em produtividade e qualidade de corte. Abaixo vemos a ilustração de um anel expulsador de aço:

 

Híbrido (Poliuretano e aço)

Os anéis expulsadores híbridos (anel de Poliuretano com alma de aço) são os mais utilizados devido a sua durabilidade, resistência mecânica, resistência a corrosão, elementos químicos e fácil recuperação.

Esse tipo de anel nada mais é do que um espaçador metálico com um anel de poliuretano vulcanizado no seu diâmetro externo. Pelo fato de esse anel ter uma alma de aço, sua recuperação fica mais fácil pois, é muito mais simples retificar o poliuretano do que a borracha que precisa de dispositivos para fazê-lo.

Outra característica que torna esse tipo de expulsador tão utilizado é que o anel dura até o final do ferramental, por que cada vez que se desgasta o poliuretano podemos remover e aplicar de novo fazendo com que o anel tenha uma sobre vida igual a de um anel novo.

Abaixo vemos a ilustração de um anel expulsador de Poliuretano com alma de aço:

Quer saber mais sobre a usabilidade e as características dos expulsadores, para ter um melhor aproveitamento do seu uso no processo de corte slitter?

Entre em contato conosco e solicite uma consultoria técnica! A infasul pode ajudar a aumentar a produtividade dos seus processos de corte.